Páginas

3/25/2012

Lidar com o sucesso

 Nunca me tinha ocorrido que precisamos aprender a gerir os nossos sucessos; que saber lidar com o sucesso é tão importante como saber lidar com o fracasso!

 A verdade é que nem sempre lidamos bem com o sucesso. Talvez haja uma vozinha na nossa mente a dizer que "tivemos apenas sorte", que "foi um acaso", que "a nossa conquista não é nada de especial", que "não merecemos esse protagonismo". Pode ser muito revelador estarmos atentos ao que dizemos a nós próprios em cada situação!

3/18/2012

Como aumentar a nossa confiança

No seu mais recente livro, "Little Voice Mastery", Blair Singer declara que a distância para o sucesso ocupa apenas o espaço entre a nossa orelha direita e a nossa orelha esquerda. O autor explora o impacto do nosso diálogo interno ("little voice") nos resultados que atingimos. O livro é de fácil leitura, com linguagem simples, repleto de dicas práticas e técnicas para reprogramarmos a nossa mente e as nossas emoções.

Neste post e nos seguintes vou resumir e comentar alguns dos conteúdos que achei mais interessantes, esperando também aguçar a curiosidade para que te aventures na leitura do livro. 

Sonhos: confiança vs resistência

Já te aconteceu teres um sonho? Quereres muito atingi-lo, mas por alguma razão imponderável, nunca conseguires tempo ou energia para trabalhar nesse sonho? Haver sempre algo mais urgente ou mais importante para realizar antes? Haver sempre uma desculpa?

3/15/2012

Fórmula mágica

Já te aconteceu lutares contigo para mudares algo na tua personalidade... luta inglória, escusado será dizer? Onde pequenas conquistas são feitas à custa de um gasto desproporcional de energia?

Recentemente eu tive a experiência contrária: percebi uma mudança muito significativa em mim sem ter despendido qualquer esforço no processo. Melhor ainda, não me apercebi do mesmo até que alguém me comprovou com factos a mudança que conquistei em um ano. Nesse período tinha deixado de ser uma pessoa exageradamente detalhista e desenvolvi uma visão mais global e estratégica.

Fiquei abismada e comecei a reflectir em como é que isso tinha acontecido? A magia ocorreu pelo simples facto de eu respeitar e admirar muito uma pessoa que tem essa característica bem desenvolvida. Instintivamente assimilei-a. Foi mimetismo, nyása.
 
Aprendi a fórmula mágica: para alcançar uma mudança preciso apenas de admirar e conviver de forma próxima com alguém que já vivencie aquilo que eu desejo. Este é o poder das nossas referências e das egrégoras com que escolhemos interagir.

3/12/2012

Metamorfoses

Uma amiga minha assumiu temporariamente uma nova função no seu trabalho. Em conversa falávamos de toda a aprendizagem necessária para assumir o projecto, das dificuldades e dos sacrifícios iniciais, quando ela disse algo que me fez reflectir:

"Não estou preocupada com a duração do projecto, o que me interessa é que nunca mais serei a mesma depois desta experiência."

Eu pensei... realmente após cada projecto, desafio, sonho realizado, eu também deixei de ser a mesma! A minha visão, experiência e mente tinham mudado, tinham-se expandido. Talvez nem eu reconhecesse a Cristina de há cinco anos.

Esta é a magia das dificuldades, dos desafios, da coragem de sair da nossa zona de conforto: crescemos, desenvolvemos todo o nosso potencial, que de outra forma ficaria perdido na mediocridade. Por isso, e parafraseando Blair Singer, diverte-te com a adversidade!

3/10/2012

Poesia...

O inferno é feito de pensamentos desordenados, atribulados, em catadupa, fora do meu controlo, como uma manada de touros furiosos.

O paraíso é não pensar.

Procuro o não pensar e as respostas surgem, o caminho abre-se, a energia é transbordante, a felicidade contagia. A confiança em mim aumenta e alimento-a... até eu ser do tamanho do infinito!

3/03/2012

Ultrapassar a adversidade em 1 minuto!

Há pessoas que têm o dom de se expressar de forma tão clara que os conceitos atravessam agilmente as paredes da nossa mente e ficam gravados no DNA das nossas células!

Um dos autores que tem esse efeito em mim é Blair Singer. Ele pertence à equipa dos Rich Dad Advisors e dá formação sobre Little Voice Mastery e desenvolvimento de competências em vendas, liderança e relações inter-pessoais.

3/01/2012

Somos do tamanho da nossa visão


Acontece muitas vezes esforçar-nos para atingir um objectivo, damos o nosso melhor, tentamos, lutamos, trabalhamos, e os resultados não aparecem. Ficamos frustrados, revoltados, deprimidos, cansados, desistimos talvez e não entendemos por que motivo é tão difícil para nós algo que para outros é tão natural.

Pois, a resposta é simples: nunca poderemos ser maiores do que a ideia que temos de nós próprios. Não adianta procurar o sucesso, se na nossa cabeça achamos que não somos capazes ou que estamos destinados ao fracasso.

Este conceito ficou estrondosamente claro na minha mente ao ler um trecho de um livro de Blair Singer, e que passo a citar:

You can never out-perform your self-concept. In other words no matter what results you are striving for in your life - money, health, relationships, success - no matter how hard you try, you can never exceed your vision of yourself.
The Little Voice Mastery
 Blair Singer