Páginas

2/16/2014

Quando a Andorinha falou


Sentada nas escadas de pedra, frias. A mochila ao lado. Hoje é o dia do passeio da escola. O primeiro passeio. Ela quer ir, a mãe não deixa. Mas ela tem esperança, até ao último momento. Vestiu-se, como se fosse um dia de escola normal. Quer ir para a escola, como os outros meninos.

- Posso ir, mãe?

Não pode. Neste momento, deve estar um autocarro grande parado junto à escola. Os outros meninos em algazarra, excitados pela aventura. Vão passear, descobrir coisas novas, viajar, brincar, divertir-se. E ela está ali, tão longe. Quer tanto ir, mas está tão longe! Se a vontade tivesse força, ela derrubaria o mundo. Mas a sua vontade esbarra contra uma parede: alta, escura, dura. Por mais força que faça, a parede não se mexe. E tem raiva, tanta raiva! Raiva de se sentir atada a uma escada de pedra, fria. Quanto maior é a sua vontade,  mais fria é a pedra e mais longe estão os meninos. A esta hora o autocarro já partiu. E tudo ficou escuro dentro dela.

Gente como nós


Certamente que já fizeste alguma coisa que outra pessoa considerou admirável. As personagens de que falo neste vídeo são assim. E temos muito a aprender com elas.

Uma macaca que cria e transmite cultura. Um corvo que constrói um anzol. Um peixe com memória de 11 meses e galinhas que se autocontrolam. Tudo isso é admirável e faz ainda mais sentido à luz da ciência moderna, que comprovou como diferentes espécies animais possuem os mecanismos neurológicos que geram consciência, conforme foi oficializado pela Declaração de Cambridge.

Algo que nós sabemos, sempre que damos carinho ao nosso animal de estimação. Mas algo que nós queremos ignorar quando somos cúmplices do sofrimento de milhões de animais, instrumentalizados para o nosso divertimento, a nossa cosmética e a nossa alimentação.

Vamos sempre a tempo de repensar as opções que fazemos e é este o convite que eu deixo no vídeo: temos opções, podemos escolher respeitar os animais.



Nota: O vídeo acima foi um discurso que eu fiz sobre este tema numa sessão do Lisboa Oriente Toastmasters. Para quem quiser desenvolver as competências de comunicação e liderança, é um programa que recomendo vivamente.

Imponderável








Imponderável é...
Achares que és diferente
E encontrar uma multidão de diferentes
Iguais a ti.
Então, já não és diferente.
Então, simplesmente,
És.

2/06/2014

Silêncio












A tua essência despertou.
É uma brisa doce, leve, suave, firme
Que desperta a minha.
Essências que se encontram...
Depois do portal do silêncio.