Páginas

8/31/2012

O mundo das ideias

A criatividade é uma forma do ser humano se expressar e é algo que nos diferencia como espécie. Sonhar, imaginar, inventar, mudar, criar, melhorar são verbos que conjugam a criatividade.

Já alguma vez te debateste com um desafio, sem ver saída nem solução, até que espontaneamente te surgiu uma ideia e tudo se resolveu de imediato? Estes insights acontecem precisamente quando não estamos à procura deles e são como um relâmpago que ilumina a nossa visão.

De onde é que vêm estas ideias?

8/26/2012

Egos

A Terra vista de Marte

Em 1543 é publicado o livro de Nicolau Copérnico que levanta a hipótese da Terra girar em torno do sol. Mais tarde, Galileu desenvolve e difunde mais essa teoria, chegando mesmo a enfrentar a Santa Inquisição.

Não obstante a genialidade destes nossos tetra-avôs, o conceito do heliocentrismo continua a ser abstrato para nós... ainda achamos que o universo gira em torno do nosso umbigo.

Somos como aquela gota no oceano, convencida que toda a imensidão azul foi criada por sua causa.

O nosso ego hipertrofiado revela-se, por exemplo, na forma como tratamos a natureza e os animais. Acreditamos mesmo que eles existem para nosso proveito!

Frequentemente ouço alguém dizer, a respeito do sofrimento e maus tratos que sofrem os animais que os humanos comem, "se eu não o comesse ele nem sequer existia." ou então "é para isso que eles existem!"

E nós, humanóides terrestres, para que é que existimos?

8/18/2012

Re-Encontros

Rever amigos antigos, queridos, e descobrir que no seu percurso se tornaram pessoas profundamente realizadas desenha um sorriso rasgado no meu coração.

Não há nada mais inspirador do que conviver com alguém que, a cada dia, materializa o Propósito da sua vida!

8/12/2012

Poliglotas

Há pessoas que têm uma facilidade natural para aprender línguas, algo que eu invejo, pois não nasci com esse dom. O que para mim são horas de estudo, para outros surge naturalmente pelo simples contacto com a língua.

Falar várias línguas permite-nos viajar pelo mundo e comunicar-nos com as pessoas de cada local, perceber as suas culturas, enriquecer-nos mutuamente. Sem essa capacidade, se todas as pessoas apenas falassem a sua língua, o mundo era muito mais pobre, literalmente. E a globalização seria tecnicamente possível, mas humanamente impraticável. 

Entretanto, não é só no mundo que existem muitos países e muitas línguas. Nas empresas isso também acontece. E entenda-se empresa no sentido lato, incluindo todo o empreendimento que pretendamos materializar.

Facilmente, numa mesma reunião, podem estar pessoas que falam comercialês, marktês, informatês, contabilês, financês, advogadês ou enginheirês. Nesse cenário, a pessoa que for capaz de falar as várias "línguas" é aquela que consegue gerar mais impacto, conjugar o esforço de todas as áreas e produzir resultados.

Desta forma, para liderar ou empreender com sucesso, também é preciso ser um "poliglota".

8/03/2012

Utopias

Confesso: por vezes dá-me para a filosofia e outras vezes para a utopia. Essa minha vertente idealista faz com que não me sinta nada orgulhosa da sociedade e da humanidade a que pertenço. Conheço e admiro as grandezas de que o espírito humano é capaz, mas quando faço a média de todos os humanoidezinhos que habitam a Terra, digamos que eu vejo muitas oportunidades de melhoria!

Nas minhas divagações idealistas penso muitas vezes para onde é que a humanidade caminha? Será que nos últimos milénios a humanidade realmente "evoluiu"? É suposto a experiência acumulado nos tornar mais sábios e, com o passar das eras, construirmos sociedades cada vez mais harmoniosas? Ou a nossa natureza é a que conhecemos e estamos condenados a repetir infinitamente a história? É suposto que os exemplos de pessoas grandiosas, iluminadas, capazes de grandes feitos, se propague e arraste lentamente a massa humana para esse padrão? Ou os génios da humanidade imigram para outras paragens, tal como fez Fernão Capelo Gaivota, permanecendo a massa humana inerte, sempre no mesmo patamar?

Como é que deveria ser o mundo? Bem, são muitas perguntas. Existem respostas possíveis: