Páginas

12/25/2013

Somos











Somos a noite e o dia.
O choro e o riso.
A dúvida e a certeza.
A força e a fraqueza.
As trevas e a luz.
A doença e a sua cura.
A dor e o seu consolo.
Somos aquele que sofre e a inspiração que o salva.
O redimido e o redentor.
O passado, o presente e o futuro.
Somos múltiplos. Somos simultâneos.
Somos a totalidade o uni(di)verso dentro de nós.
Somos plenos e somos vazios.
Somos tudo e não sabemos quem somos.


12/22/2013

Como ser brilhante todos os dias

Partilho abaixo o link para uma palestra de Alan Watkins sobre os vários níveis que influenciam a nossa performance.

É um olhar diferente sobre quem somos e de que forma funcionamos. Tudo começa no corpo, antes de chegar à mente e aos comportamentos observáveis.

No segundo vídeo, o orador demonstra como a respiração é uma ferramenta poderosa para ganhar controlo sobre a fisiologia do nosso corpo.


Vídeo 1/2:

www.youtube.com/watch?v=q06YIWCR2Js

 

Vídeo 2/2:



Sucesso

Há muitas formas de ter sucesso... diferentes caminhos levam-nos ao mesmo destino. O que difere é a paisagem e as sensações durante a viagem.

Pode-se ter sucesso sendo inovador ou sem inovar, mas sendo exímio e rápido a copiar. Pode-se ter sucesso fomentando o espírito de equipa ou a competitividade agressiva... construindo uma reputação de honestidade e confiança, ou tirando partido da falta de escrúpulos. Tudo gera resultados, mas o seu sabor é diferente.

12/18/2013

Conto de Natal

Uma menina olha o céu numa noite escura, no resguardo do seu quarto. Sente a escuridão dentro de si. Sofre. Qual é o sentido? O que é existir? Busca dentro de si, desesperada, por uma centelha de luz. Sente-a, ténue, e chora de emoção.

- Eu amo-te. Não me abandones. Por favor, fica comigo. Eu farei aquilo que disseres. Faz de mim um instrumento teu. Viverei para te servir.

As lágrimas de comoção continuam a cair e o seu coração aquece-se.

Ao mesmo tempo, do outro lado do tempo, uma mulher olha para essa menina. Tão perdida, tão sofrida, tão pura... sente a sua dor e chora com ela.

- És tão linda. Tão sensível. Tem fé, o amor te salvará. Eu estou aqui.

O amor olhou para ambas e sorriu.